• O MELHOR SISTEMA PARA CLÍNICAS E CONSULTÓRIOS MÉDICOS

    O sistema que faltava para turbinar sua produtividade.

      TESTE GRÁTIS POR 30 DIAS
1
/
3
/

Sistema simples e eficiente para você

Turbine a sua produtividade com o sistema ideal para gestão de clínica e consultórios médicos.

On-line e Ágil

Em constante evolução, com novas versões, novas funcionalidades e sempre se adequando às necessidades de seus usuários, 100% on-line.

Segurança

Faturamento médico no Padrão TISS, sempre atualizado e dentro de um ambiente seguro.

Premissa Básica

Otimizar e reduzir ao máximo os esforços e o tempo gasto por Clínicas e Consultórios Médicos em processos burocráticos.

Prontuário Médico Eletrônico

Controle total do Prontuário Médico através de um sistema fácil e interativo.

Agenda Médica Completa

Consulte os agendamentos médicos através de smartphones, tablets ou qualquer outro periférico que tenha acesso à internet. Simples e prático.

SISTEMA DE GESTÃO NETCLÍNICA

JUNTE-SE A MAIS DE 2.000 CLIENTES SATISFEITOS

Conheça a Netclínica! Uma ferramenta on-line simples e intuitiva, que vai ajudar você a organizar sua Clínica e Consultório Médico.

Não precisa de cartão de crédito. Caso não opte por assinar, você não paga nada.

Veja mais

Estamos transformando Clínicas e Consultórios

Conheça algumas histórias inspiradoras de quem usa o nosso sistema de gestão

“A Netclínica possui um sistema simples de digitação de guias, facilitando o atendimento do consultório, diminuindo o número de erros e simplificando o envio do faturamento. Consultores sempre prestativos e atenciosos.”

Dra Mirelle Furlan, Dermatologista

“A cada dia a Netclínica melhora o sistema e o atendimento, resta-me somente agradecer a maneira como atendem todas as nossas necessidades, é uma grande ajuda que proporcionam.”

Dr. José Batista Sobrinho, Médico Oftalmologista

“Depois que tive conhecimento da Netclínica, ficou muito melhor para fazer os faturamentos por esse método. Os atendentes são maravilhosos, sempre nos dando o atendimento que precisamos. Se eu tiver que indicar pra alguém eu não tenho dúvidas, Netclínica sempre.”

Ana, Faturista da Clínica Eduardo Agostini

“O meu preferido porque todos os convênios aceitam e tem a digitação de guias mais fácil e rápida, agiliza muito o trabalho.”

Sandra, Secretária na Clínica Dutenhefner Serviços Médicos

Sistema de Gestão
Médica 100% On-line

O Sistema Netclínica foi desenvolvido pelas empresas Central On-line e Componentizar, especializadas em Tecnologia da Informação com mais de 20 anos de atividades relacionadas a desenvolvimento de softwares e conectividade entre prestadores de serviços de saúde e operadoras de planos de saúde suplementar.

Fornecemos soluções tecnológicas para grandes empresas, como a Porto Seguro Saúde. Somos pioneiros na implantação do faturamento eletrônico no padrão TISS e nossas soluções geraram empresas absorvidas pela empresa Tivit e pelo grupo Visanet.

Faturamento Médico
no Padrão TISS

Emissão fácil e ágil de guias de consulta, SP/SADT e honorários médicos.

Saiba mais

Prontuário Eletrônico
do Paciente

Emissão fácil e ágil de guias de consulta, SP/SADT e honorários médicos.

Saiba mais

Agenda Médica Completa

Elaborada especialmente para Clínicas e Consultórios Médicos com confirmação de consulta via SMS.

Saiba mais

Acesse de qualquer lugar

Agilize o processo acessando a um Sistema 100% On-line

Estrutura completa hospedada na Vivo/Telefônica Empresas. Ambiente seguro e confiável.

Contamos com toda a segurança do grupo Serasa. O certificado digital Serasa comprova nossa identidade.

Servidores Dell de alta perfomance, flexíveis e com excelente equilíbrio entre armazenamento de dados.

SISTEMA DE GESTÃO NETCLÍNICA

Nunca foi tão fácil ter o controle da sua Clínica ou Consultório Médico.

Junte-se a mais de 2.000 clientes satisfeitos

EXPERIMENTE GRÁTIS POR 30 DIAS

Fique por dentro das novidades

Sempre atualizado com notícias do mercado, nossos produtos, serviços e muito mais.

Passo a passo – Tudo que você precisa saber para que o seu paciente tenha a melhor experiência no seu atendimento

20 de março de 2017
Quando falamos sobre experiência do paciente, muitos médicos não entendem onde esse assunto vai parar. O paciente precisa ser diagnosticado, não é isso? Para falar a verdade, esse é o principal, mas não é apenas isso que o encanta. Vivemos numa era onde há mercado para tudo. A saúde não está de fora dessa lógica. Quem trabalha na área médica precisa entender que há uma concorrência real para esse nicho. Por isso, é preciso fazer mais do que atender aos pacientes, é necessário encantar! Uma pergunta para você que é médico: o que você entende de marketing de encantamento ou atendimento diferenciado? Eu vou explicar alguns passos que vão além da sua consulta e que ajudam a tornar o seu paciente um verdadeiro cliente fiel. Confira: Seja fácil de encontrar: qual marketing que você faz do seu consultório? É fácil encontrar o seu endereço, telefone e todos os dados necessários para marcar uma consulta? Você investe em mídia? É preciso estar sempre ao alcance do seu paciente, isso significa que é necessário investir em ações de marketing apropriadas para a sua área e especialidade.   Compreenda e valorize a internet: ainda falando sobre a forma que o paciente utiliza para encontrá-lo, é necessário destacar a internet como uma mídia imbatível nos dias atuais. Se você tem um site, dê uma atenção especial para ele. Diversos sites da área médica tem um erro em comum – não fica claro como o paciente pode marcar uma consulta. Pense na experiência do usuário e repense o seu site para que ele seja simples, direto e amigável.   A recepção do seu consultório: sim, a primeira impressão é a que fica. Não adianta correr dessa máxima. Ela é real e funciona muito bem quando estamos falando de experiência do usuário. É essencial que o seu consultório tenha uma recepção educada, clara, tranquila e principalmente, alinhada com os padrões do seu atendimento. A partir do momento que o seu paciente entra no seu espaço, ele precisa sentir que tem a devida atenção. Sem contar que um cafezinho e uma água também ajudam muito nisso!   Você é a peça final:  o último bloco da pirâmide é você, é o seu atendimento! Para cuidar bem de um paciente não adianta diagnosticar o seu problema e receitar o melhor remédio. É preciso ser seu “parceiro” nesse momento delicado. Tenha tranquilidade nas consultas, escute as preocupações do paciente e tente, dentro da especialidade necessária, ser didático. Explicar bem tudo que está acontecendo é a forma ideal de terminar essa caminhada de encantamento.

Remédios mais vendidos – Confira a lista de “best-sellers” das farmácias

19 de março de 2017
2017 está dando os seus primeiros passos e, como qualquer início de ano, ainda é preciso fazer balanços do ano anterior para entender o mercado. Assim também está acontecendo com as farmácias. Em 2016 uma vasta lista de medicamentos disputou o primeiro lugar entre os mais vendidos. Com o fim desse ciclo, foi possível entender os números gerados pelas farmácias e compreender como os pacientes estão agindo em relação aos medicamentos. É essencial para qualquer profissional da área médica entender quais as receitas são as mais buscadas e quais as composições tem apresentados os melhores resultados. Por isso, confira a lista com os remédios mais vendidos em 2016! Analgésicos Os analgésicos encabeçam a lista com grande vantagem. Muitos medicamentos que não precisam de receita têm maior rotatividade no mercado e, em 2016, o Dorflex foi o mais procurado por pacientes que buscam a diminuição do incômodo para dores de cabeça e dores musculares. Antigripais Gripes e resfriados estão sempre pairando pelo país, seja no inverno ou no verão. Com as grandes cidades cada vez mais populosas, a dispersão de vírus tornou-se uma rotina. Por isso a venda de antigripais está sempre figurando nas primeiras posições da lista. Em parceria, o cloreto de sódio, com função de desobstruir as vias nasais, tem sido uma venda frequente nas farmácias. Anti-hipertensivos A hipertensão é, sem dúvidas, um dos maiores problemas de saúde pública do século XXI. Infelizmente, os números relativos a essa enfermidade vêm subindo de forma alarmante. Isso explica o grande número de vendas da Losartana, um composto que só pode ser vendido sob prescrição médica. Controle do Colesterol O mesmo problema descrito acima se aplica ao grande número de pacientes que precisam de medicamentos que auxiliem no controle do colesterol. Para esse caso, a Sinvastatina tem sido a composição mais receitada. Antidepressivos Infelizmente, esse é o quarto setor de vendas que mais cresce no país quando estamos falando de medicamentos. Os antidepressivos, mesmo os de tarja preta, tem sido amplamente buscados em farmácias. O mais vendido desse nicho é o Rivotril. Medicamentos para disfunção erétil No Brasil a disfunção erétil ainda é um tabu que precisa ser quebrado em nome da saúde. Embora as estatísticas mostrem que um número significativo de homens afirme que nunca tiveram problemas relacionados à disfunção erétil, a venda do Viagra não tem diminuído nos últimos anos. Assim como a dos seus concorrentes Cialis e Levitra.

Marketing digital para área médica – Será que vale a pena?

18 de março de 2017
O marketing digital está em todos os lugares. Pequenas, médias e grandes empresas investem nesse meio de divulgação que é, atualmente, o setor da publicidade que mais cresce ao redor do mundo. Diversos nichos e especialidades estão migrando para o marketing digital como única forma de divulgação das suas marcas. Ninguém mais tem vontade de investir grandes orçamentos em propaganda televisiva, já foi mostrado que com o marketing digital você alcança, com um orçamento muito menor, o seu público-alvo. Bom, mas e a área médica? Muita gente fica em dúvida sobre a ideia de fazer uma campanha de marketing quando o nicho trabalhado é saúde. O que fazer? Como fazer? Como segmentar? Como alcançar possíveis pacientes? As respostas são mais simples do que você imagina!   Como fazer marketing digital para área médica   Assim como qualquer setor do mercado, existem empresas especializadas em marketing digital voltado para esse nicho de mercado. Porém, vale dizer que qualquer agência está qualificada para atuar sobre esse tema. O ponto principal é a segmentação e o estudo em cima do público-alvo a ser alcançado para que a campanha tenha sucesso.   Como abordar o público-alvo   A saúde não é uma área de mercado que pode ser “vendida” como um produto qualquer. É preciso inspirar confiança, ter conhecimento das regras éticas desse meio e anunciar sempre com total ciência do peso que um anúncio relacionado à área médica pode ter sobre a população em geral. Vale dizer que existem regras legais para fazer propagandas médicas. Por isso, qualquer empresa responsável pelo marketing digital da área da saúde precisa se inteirar de todas as implicações e cuidados dessa conta.   Como segmentar   Qual é a sua especialidade? Qual o perfil de paciente que precisa da sua consulta? É preciso utilizar dados demográficos para criar essa segmentação. Estamos falando de idade, sexo, região, classe social e até mesmo profissão. Com isso é possível separar um grupo de pessoas com maior possiblidade de adesão ao seu anúncio. Além disso, a melhor forma de criar esse perfil é usando como base o seu banco de dados de clientes. Ele é o melhor reflexo do seu público-alvo.   Quanto investir   Essa talvez seja a pergunta que mais gera dúvidas: quanto investir? Ninguém quer jogar dinheiro fora, mas todos querem uma ação efetiva de marketing com real potencial de resultados. Por isso, o orçamento sempre gera muitas interrogações. Investimento é relativo para cada caso, para cada campanha e para cada alcance esperado. Não existe uma cartilha, mas com certeza existem modos de medir se o seu investimento está gerando o resultado desejado. Por isso, o principal ponto aqui é mensurar a sua campanha e acompanhar cada gasto. Verifique constantemente os resultados a fim de otimizar seus impulsionamentos e defina, a partir daí, o seu orçamento ideal.

TISS – Entenda a importância desse sistema

24 de fevereiro de 2017
Já falamos sobre banco de dados, sobre Big Data na área médica e agora vamos falar de um sistema que, além de ser essencial para a saúde, está vigente e já demonstrou os seus principais resultados. Se você é médico e atende através de planos de saúde, com certeza já teve que se adaptar aos TISS, Troca de Informação em Saúde Suplementar. Porém, você entende a sua importância? Para muitos, o TISS é apenas uma padronização, um modo de tornar as informações de saúde devidamente distribuídas. Na verdade essa é sim uma das principais funções do TISS, mas o seu verdadeiro potencial está guardado no que está contido em cada dado. O TISS foi criado para a troca de informações entre os planos e a Agência Nacional de Saúde. A ideia é criar um banco de dados, com as informações médicas que podem servir para otimizar e entender questões de caráter clínico, epidemiológico ou administrativo dos serviços de saúde suplementar. Na verdade o TISS é um grande trunfo para a saúde brasileira. Com uma população que tem migrado cada vez mais para os serviços privados de saúde, o TISS é uma forma funcional do Ministério da Saúde e da iniciativa privada obterem informações sobre doenças, surtos, funcionamento de medicamentos e muitos outros pontos que são essenciais para pesquisas e testes. Sistema moderno e eficiente Em 2005 foi aberta uma consulta pública sobre as funções e formatações do TISS. Nela, diversos órgãos públicos e privados puderam opinar para tornar esse um sistema útil, simples, acessível e pincipalmente circulável. Através de uma série de estudos e sugestões, foi escolhido para o TISS a linguagem XML. Assim, suas informações podem ser lidas através de qualquer computador do mundo, num esquema semelhante a um banco de dados em planilha. Desde então, o TISS pode tornar viável a troca de informações médicas garantindo a total privacidade do paciente e garantindo aos profissionais de saúde todos os dados necessários para estudos e comparações. O TISS em constante evolução O TISS apresenta, por sua essência, um evoluído método para tornar as informações entre os planos de saúde úteis para a melhoria do setor. Além de fornecer uma importante base cientifica. Porém, ainda assim o TISS está em evolução. A Diretoria de Desenvolvimento Setorial, integrante da ANS, criou e apóia o COPISS, Comitê de Padronização de Informação da Saúde Suplementar. A ideia é tornar o TISS cada vez mais abrangente, mais funcional e mais seguro. Um projeto que visa dar informações reais à área de saúde através da melhoria desse sistema de dados. O TISS ainda está em fase de melhorias, mas a sua importância já foi provada e as suas informações já fizeram uma grande diferença na saúde como serviço. Com uma evolução constante, o TISS pode garantir cada vez mais benefícios, além de tornar a  área médica cada vez mais humanizada e integrada.

Gestão de Consultórios e Clínicas

17 de fevereiro de 2017
Como reduzir as faltas de pacientes? Se você é um profissional de saúde ou trabalha em um consultório médico, já se deparou com a seguinte situação: o paciente marca uma consulta, ocupa sua agenda, mas não comparece. Esta situação é muito comum e sabe qual é o principal motivo destas faltas? Foi realizado um levantamento com pacientes que tinham consultas agendadas em consultórios da cidade de São Paulo e o principal motivo das faltas é o esquecimento. As faltas atrapalham o trabalho do profissional de saúde e influenciam o faturamento do consultório, pois um horário foi reservado e não houve atendimento, sendo que o tempo reservado poderia ter sido utilizado para atender outros pacientes. Soluções Ligar para o paciente é, até o momento, a maneira mais utilizada para lembrar os pacientes, mas este processo consome muito tempo da recepção, pode ser invasivo, pois a ligação pode ser realizada em um horário no qual o paciente não quer atender, atrapalha o atendimento e eleva os custos de telefonia, sendo que se a ligação for para o celular do paciente, o custo por chamada é ainda mais elevado. Além disso, para as ligações funcionarem dependem também da disponibilidade do paciente para atender o telefonema. Outra opção é o envio de e-mails, mas o risco do paciente não ler a mensagem a tempo é alto, pois nem todo mundo lê seus e-mails todo dia e, além disso, ainda existe o risco do e-mail cair na caixa de SPAM e nunca ser visualizado pelo paciente. Usar um sistema para enviar lembretes via SMS para os pacientes é a melhor alternativa, já que possui baixo custo de envio, não consome tempo da equipe (o envio é automático), não são invasivos, uma vez que o paciente abrirá somente quando tiver tempo, e possuem uma alta probabilidade de leitura, pois a grande maioria das pessoas carrega seus celulares consigo a todo momento. O SMS é a forma mais eficaz de aumentar a assiduidade de pacientes em suas consultas, além de estreitar o seu relacionamento com o paciente que gostará desta vantagem adicional, o lembrete irá valorizar mais o seu consultório perante o paciente, reduzirá faltas e otimizará o seu tempo. A agenda profissional online e o disparo de mensagens por SMS são funcionalidades do Módulo Agenda do Sistema Netclínica, software inovador que otimiza as tarefas diárias de uma clínica ou consultório médico, otimizando tempo e receita. Entre em contato com a Equipe Netclínica e saiba mais!